segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

12/06/2015 - 50 anos - SILVANA



Você foi minha Tata,
Uma irmã mais velha,
Protetora e cuidadora.

Não só por isso
Escrevo-lhe alguns versos
Onde cada linha é para lembrar
Que você é uma guerreira,
Suporta e enfrenta qualquer barreira.

Foram anos de luta,
Momentos de choro
E dias de aflição.
Mas por trás de cada lágrima
Encontramos um grande tesouro,
Um bom coração,
Que vale ouro.

Pode passar vento,
Surgir tempestade
Mas você encontra tempo
Pra atuar com bondade.

Se a vida lhe deu limões,
Você soube fazer uma boa limonada
E sequer um dia deixou
De ser uma irmã de fé,
Amiga de todos
E grande camarada!
Silvana, parabéns!
E tenha uma certeza na vida:
Será sempre amada e querida!

Um comentário:

  1. Ficou lindo! Ela já leu? Bj, poetinha! Queila.

    ResponderExcluir